15 de Outubro de 2018

AMOR - AMO-TE MAIS QUE TUDO

Amo-te mais que tudo O teu desejo Cobiça o meu gemido O teu louco amor O meu pensamento O teu braço caloroso Os meus abraços O teu quente corpo ...
05 de Outubro de 2018

AMOR DEIXAS-ME LOUCA

Deixas-me louca De amor , de desejo Tu és o meu vicio O meu ópio a minha cocaína O sangue quente Que me corre nas veias Confesso-me loucamente Em delírio por ti Os meus sonhos são delírios Sentidos por ti num louco amor ...
03 de Outubro de 2018

OS MEUS MELHORES POEMAS

Os meus melhores poemas Nunca foram escritos Pois dormem em telas desenhadas De palavras aprisionadas Nas sombras da minha memória ...
30 de Setembro de 2018

PORQUÊ

Porquê meu amor Estamos separados Neste destino cruel Perco-me no presente Como se estivesse ...
29 de Setembro de 2018

GOSTO

Gosto do teu corpo No contacto com o meu Gosto do arrepio da tua língua Gosto que me digas quero mais Gosto das palavras obscenas Que dizemos juntos Gosto dos pelos da tuas pernas Já para não falar do teu peito Gosto de te ouvi gemer Gritando de prazer Gosto da tua boca Na minha branca pele Gosto do teu perfume Do cheiro do teu corpo Gosto de acariciar o teu pescoço ...
27 de Setembro de 2018

OUTONO

No cair das folhas de outono Deixa que os meus silêncios te falem Deixa que a minha dor se esconda Deixa que a minha solidão te procure Deixa que as palavras se tornem carícias Deixa que a minha voz vagueie muda Num sonho coberto de amor Parto com a saudade dos ventos Nas palavras roucas que ficaram em ti ...
24 de Setembro de 2018

ENSINA-ME

Ensina-me meu anjo A voar neste mundo Como me ensinaste a amar-te Segura na minha mão Como se eu quisesse voar Ao sabor do vento nesta paixão Sente o meu coração Neste prazer de voar contigo Desnuda a minha alma Faz-me sentir que sou tua Ensina-me a sentir Faz-me eterna, dá-me os minutos os segundos, as horas ...
24 de Setembro de 2018

AMO-TE COM A CALMA

Amo-te com a calma De um temporal Sem entender o porquê Desejo-te com fúria Sem saber como, nem porquê Amo o teu cheiro, a tua voz O teu toque, o teu beijo As tuas mãos, o teu corpo ...
22 de Setembro de 2018

SONHOS

Sonhos rotos vazios de palavras Onde habita num subúrbio Toda a minha tristeza Como um pântano de borboletas No cair das folhas de outono ...
22 de Setembro de 2018

VOU TENTANDO

Vou tentando não sangrar na vida Onde o lobo chora em todas as estrelas Que se alinham no total avesso das memórias Pelas letras que de luto se encontram Nas ignorâncias ignoradas minhas Fogo que em mim vive e morre Num frágil sentimento de cristais Remendados sonhos de conchas vazias Ondas do mar em agonia no peito que sopra Lágrimas soltas em belas pérolas de prantos Perdem o brilho num total desamor ...


« Voltar
Criação e desenvolvimento de web sites

Envio de Mensagens SMS

Cofomark Bases de Dados