Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

AMOR

AMOR  


Espero-te

Como a noite espera o dia

Como o sol espera a lua

Como a alma ouve a melodia

Como a chuva chora a flor

Como o coração respira poesia

Como a paixão deseja a locura

Como a pele anseia o toque

Como o lobo espera a presa

Como o corpo deseja outro corpo

Como o sonho não lembra a noite

Como a paixão é feita de suspiros

Espero-te em delírios feitos sorrisos

Procuro-te nas letras por rimar

Das palavras da mais bela poesia.