Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

AMOR DESPISTE-ME

Despiste-me com os teus dedos
E eu enlouqueci nos teus braços
Entreguei-te a minha boca
E os nossos beijos
Recitavam poesia em silêncio
Desvendei os teus segredos
Com o meu corpo
Em gestos de loucura
Amei intensamente
O teu corpo nu
Amei a tua alma, o teu o coração
E tu apenas despiste-me
Com os teus dedos loucamente.