Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

AMOR -COLMEIA

AMOR


Os teus doces

Beijos

São uma colmeia

Repleta de doce mel dourado

O teu desejado desejo

E do desabrochar

De uma flôr

A minha poesia é o mel

Espalhado no teu corpo

Que faz brotar os sonhos

De belos sorrisos

Para beberes de mim

No encontro selvagem

Das nossas bocas

Num longo suspirar

Entre os lençõis

De mel da nossa cama.