Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

AMO-TE COM A CALMA

Amo-te com a calma
De um temporal
Sem entender o porquê
Desejo-te com fúria
Sem saber como, nem porquê
Amo o teu cheiro, a tua voz
O teu toque, o teu beijo
As tuas mãos, o teu corpo
A tua coragem, a tua força
Com a suavidade
Das estrelas
Só assim eu sei amar
Que o nosso tempo
Juntos dure para sempre.