Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

ENTRE OS LENÇÓIS


Entre os lençóis de linho

Espero-te todas as noites

Onde meu corpo no teu se abriga

Saciando todo o desejo sentido

Dos teus lábios sedentos

Ao encontro dos meus

Nesta noite de prazer

Do sabor da tua pele

No doce mel da tua boca

Somos a perfeita interacção

Tu me destes o teu corpo

E eu o saciei entre sussurros

Gemidos e beijos toda a felicidade

Pois quando duas almas

Se amam deixam fluir todo

O prazer de um orgasmo