Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

LIVRO CERTO


Existe um livro dentro de mim

Que cresce dentro do meu coração

Aumentado a minha fome da escrita

Entre os versos, os poemas

Que ainda não nasceram

Escrevo tantas vezes o que ninguém entenderia

Palavras escritas no livro do meu interior

Noites em claro paridas de letras

Escritas em palavras

Num parto com assistência poética

Agonizo de alegria em cada parágrafo escrito

Escrevo palavras de amor, dor e saudade

Da esperança de poder olhar o mar

A sua dimensão infinita

Ele lembra-me os amores possíveis e impossíveis

Escritos em grandes livros feitos de paixões

Assim como a paixão

O mar é indomável e misterioso

Existe um livro dentro de mim

Que são páginas na gravidez de sal

Palavras de espantos quentes e frias

Onde por debaixo do vento

Em cima do tempo absoluto, envolvente

Profundo como o mar, que jamais sabemos onde acaba