Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

Mãe

Ser mãe é dar sem receber
Não se cansa, nem se esgota
É um amor gigante plantado
Que cresce e se alimenta
No meu coração, no teu meu filho.

Um filho é um poema
É uma primavera a florescer
Todas as manhãs
A perfumar todos os dias
Um verão das mais belas poesias
E um luar que renova os meus sonhos.