Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

PENSAMENTOS

Como eu
Gostaria de correr como os lobos
Para subir a serra
E gritar tudo que me sufoca.


Desenhei o teu rosto nas paredes de casa
Pintei no espelho do quarto
Os teus traços e o teu amor
Enchi de encanto a tela vazia da minha solidão
Com os sonhos repletos de felicidade.


Tatuo o teu corpo
Com tinta de várias cores
Todos os meus desejos

Imploro-te com o desejo
Do meu corpo as pétalas
Deixadas na minha boca.


Invento-te no desejo sentido
Que tenho de ti, gemidos de beijos.