Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

PENSAMENTOS DESATA- OUTONO


Amor

Desata

Todos os nós

Do meu corpo

Para que eu possa

Amar-te

Com a liberdade

Que o meu corpo Deseja.



A minha alma

Repousa

Nos ramos

Despidos

Sem pudor

No teu corpo

Na árvore

Plantada

Deste

Nosso Outono.