Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

PENSAMENTOS MEUS

Gosto quando me enches
O corpo de desejos
Amo, quando me enches
A alma de sorrisos
Adoro, quando me enches
O coração de felicidade

Trago as saudades na alma
Com as lágrimas no coração
Onde deixei sem querer o meu ser
Nesta terra que nunca mais vou ver.