Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

SABES

SABES

Se eu me perdesse
Dentro do teu olhar
Pediria por favor
Que me deixassses
Permanecer lá
A flutuar nas ondas
Sem medo da noite
Mais escura e sombria.