Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

SEGREDO


Procuro-te nas sombras

Nos sonetos do teu corpo

Entre o mel da tua boca

Afago de beijos loucos

Enlouqueço no teu corpo

Onde padeço de desejo

Estremeço só de pensar

Adoeço a alma sem ver-te

No teu corpo onde deliro

Sem medo do meu pecado

Entrego-me aos impulsos

Os meus olhos revelam-te

Todo o desejo escondido

Sem sensatez entrego-me

A ti desta louca loucura

Nesta destemida aventura

Deste segredo tão só nosso.