Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

SIM E DEPOIS

Sim e depois?

Abraças-me com força

Roubas-me os medos

Sim e depois?

Pegas-me na mão

Dizes que me amas

Roubas-me o coração

Sim e depois?

Entrelaças-me os dedos

Encostas-te a mim

Olhas-me com ternura

Sim e depois?

Beliscas-me a pele

No desejo que sentes

Sim e depois?

Acordo feliz

Por amar-te tanto

No meu doce respirar

Sim e depois?

O café está quente

Nasce de um novo dia

No verbo amar

Sim e depois?

Amo-te.