Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

SINTO-ME


Cansada de ser enganada
Cansada de dormir mal
Cansada do egoísmo do mundo
Cansada do abismo em que vivemos
Cansada da frieza das pessoas
Cansado da solidão que consentimos
Cansada dos sonhos trocados
Cansada dos sons liricos da mente
Cansada do orgulho ser maior que bondade
Cansada das pessoas esquecerem de ser generosas
Cansada de ter pouca gente a ler um livro
Cansada de ser um numero no trabalho
Cansada de colegas igoistas
Cansada de chefes sem um pingo de humildade
Cansada de viver num pais que aos 40 anos somos velhos
Cansada de ver que a velhice é um lamento.