Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

SOU MULHER/MÃE



Sou mulher, sou mãe
Prendi os sonhos
Na cascata do rio  
Gritei de espanto
Soltei ao vento
A minha doce alma
Corri pelas serras
Entre os lobos
Da nossa esperança
Sou guerreira, sou mãe
De poemas, de formas
Plantei o amor há beira mar
Subi as altas montanhas
Agarrei o sol, a lua
Caminhei pelas fragas
Dos montes, entre giestas
Sou mãe, e sou mulher.