Loading

ISABEL MORAIS RIBEIRO FONSECA

castelafonseca@sapo.pt

VIVO

VIVO

Vivo à sombra

De uma flor Que não é minha

Mas que me cativa

Vivo na promessa

De um amor

Porque sei

Que é verdade

Vivo no respirar

De uma rosa

Quando me pico

Nos seus espinhos

Vivo feliz

No silêncio

Das palavras

Como uma flor.